He doesn’t like endings.

 

 

Baby, I’M BACK!

 

Gente, que final de temporada foi esse?

Sério, fiquei arrepiada, de verdade.

 

Sei que tem muita gente que não é fã do Steven Moffat, mas os roteiros dele sempre surpreendem de alguma forma. E dessa vez, foi lindo!

 

Começar o episódio já mostrando o primeiro Doutor (obrigada tecnologia) me deixou empolgada, e ao mesmo tempo em dúvida: será que essa foi uma maneira de mostrar que realmente não vai rolar outros Doctors além do Tenth? Ou usarão de tecnologia também?

Só novembro nos dirá…

 

Anyway, nesse episódio, finalmente descobrimos o real “poder” da nossa queria Clara Owald; o porque dela ser a Impossible Girl.

Não vou detalhar o episódio porque vai dar muito trabalho e estou com muita preguiça sei que todos que estão lendo já assistiram.

SE VOCÊ NÃO ASSISTIU, SE PREPARE PARA COMENTÁRIOS CHEIOS DE [river song] SPOILERS![/river song]

 

E falando em Spoilers, foi lindo demais rever River Song. Seu retorno/despedida foi de fazer rolar um suor ocular.

A parte triste é queria muito ter visto a cena onde ela é enviada pelo Doctor e se encontra com ele na encarnação do Tenth, e ele faz um “backup” dela. Será que ainda veremos isso?

 

:)

 

A ideia de viajar no tempo através do sonho, achei genial gostaria que isso realmente acontecesse.

.

O constrangimento por parte da nossa queria mulher lagarto quando apresenta Clara a River Song como companion do Doctor. Ora, esposa ou não, ela sabe o que esperar dele.

 

E a parte tensa já surge desde o começo do episódio (claro que a cena onde começam a mostrar os Doctors nos empolga fortemente).

Jenny morrendo enquanto dorme, fiquei triste aquela cena, SÉRIÃO!

I’m sorry, I’m sorry…

E assim conhecemos os Whisper Men. Sim, também tive a impressão de tê-los visto antes…

Pra quem assiste The Sarah Jane Adventures, sabe do que estou falando…

Ainda não sabemos muito sobre esses, aparentemente novos vilões. Sou… como posso dizer…. aliados da Grande Inteligência, usados para matar e também, para a própria Grande Inteligencia usar seus corpos como molde e se tornar Walter Simeon

Ok, vamos direto pra parte importante né? TRENZALORE!

Antes de tudo, por um momento eu achei que o nome do Doctor era PLEASE… vocês não?

aHUAHuahUAHuahUAHuahUA

Algo que achávamos que nunca veríamos, o túmulo do Doctor. E algo que nem ele deveria ver.

E fala sério, a ideia de o Doctor não ter um corpo, e sim uma “energia”, com Doctors do passado e do Futuro do Eleventh. AWESOME!

E pra quem quis entender o que rolou quando o Doctor apontou a screwdriver pra própria energia, foram os antigos Doctor falando:

O First pergunta “Have you ever thought what it’s like to be wanderers in the fourth dimension?” para Ian e Barbara (An Unearthly Child)

 O Sixth fala “Daleks, Sontarans, Cybermen! They’re still in the nursery compared to us,” para os Time Lords (The Trial of a Time Lord).

 O Second fala “There are some corners of the universe that have bred the most terrible things” (The Moonbase).

 O Fourth fala “Do I have the right?” para Sarah Jane Smith (Genesis of the Daleks).

O Ninth fala “Absolutely fantastic.” (The Parting of the Ways).

 O Tenth se apresenta em Voyage of the Damned.

O Fifth fala “So you see” para Stotz (The Caves of Androzani).

O Eleventh fala “Hello Stonehenge!” (The Pandorica Opens).

O Third fala “It was the daisiest daisy I’d ever seen” para Jo Grant (The Time Monster).

Sim, pesquisei e revi o episódio bastante pra saber disso ahuahauhauhauah

 

Quando o boçal da a Grande Inteligência resolve entrar na energia pra mudar toda a história do Doctor (e tudo a sua volta) AI QUE O FRENESI COMEÇA!

Só que ao mesmo tempo, tudo começa a fazer sentido. O fato da Clara ter aparecido na vida do Doctor antes faz sentido no momento em que ela toma a decisão de entrar na energia dele. (eu sei, ficou estranho, mas faz sentido).

Claro que ela não aparece sempre igual, e nem com o nome todo dela, mas sabemos que é ela. O triste é APENAS o Eleventh ter reparado e lembrado dela. Claro que se todos tivessem reparado, toda a história da série teria que ser modificada.

Clara e Fourth

Sim, ela consegue. Sim, ela realmente é a impossible girl

Run clever boy. And remember.

Mas com certeza a melhor parte é a River tentando convencer o Doctor a não tentar salvá-la, e a gente descobrindo que todo esse tempo, ele a viu… mas seria doloroso demais dizer adeus. Because he doesn’t like endings.

Agora você beijar alguém que SÓ VOCÊ CONSEGUE VER ficou estranho né Doctor?

yeah

 

Agora o direto para o final, vamos esclarecer: WHAT DA FUCK JOHN HURT IS DOIN’ THERE?

Já ouvi várias teorias sobre esse “Doctor perdido” que John Hurt tá interpretando. Um passarinho verde chamado SPOILER me contou que John Hurt está representando a regeneração entre o oitavo e o nono Doctor (já que não vimos a regeneração entre os dois). Li a notícia aqui .

Agora, temos que esperar até novembro pra ter notícias novas, ver algum Doctor clássico (sim, tenho esperanças em relação a isso), e em dezembro, conhecer o novo Doctor (todos choram)!

P.S¹: Sim, as postagens vão voltar ao normal, prometo!

P.S²: Alguém viu o tenth com uma das encarnações da Clara? Eu vi falando sobre, mas não vi no episódio. Dizem que ele só aparece na versão européia do episódia. Porque ele não aparece na americana… I WONDER WHY!

P.S³: Quem viu tudo sobre a comic con, viu que a Karen Gillan fica linda até careca! (post aqui)

P.S da tristeza: http://www.blastr.com/2013-7-23/hear-matt-smith-admit-he-made-mistake-leaving-doctor-who

 

Goodbye Sweetie.

Written By

May

Uma whovian que nunca esquece de levar sua toalha na TARDIS e nunca dispensa uma xícara de chá. Ainda acha que vai encontrar a pergunta fundamental sobre A Vida, o Universo e Tudo o Mais em alguma viagem no tempo ou no espaço.